Guia SJP
 
O MUNICÍPIO DE SÃO JOSÉ DOS PINHAIS E A SUA CRIAÇÃO
 
Os primeiros europeus que circularam por terras paranaenses eram portugueses e espanhóis em busca de riquezas naturais. Foi de São Paulo que partiram várias expedições para os sertões brasileiros em busca de ouro ou de índios para o trabalho escravo. Uma delas descobriu pequena quantidade de ouro no litoral paranaense e como consequência ali se formou um pequeno povoado. Pouco tempo depois, em janeiro de 1649, era instalada a Vila de Nossa Senhora do Rosário de Paranaguá.
Procurando descobrir ouro em outras localidades paranaenses, partiram de Paranaguá duas expedições, uma em 1649 e outra em 1651. O resultado foi animador, pois Ébano Pereira, chefe das duas expedições, registrava em um relatório a descoberta de ouro em rios do planalto. A notícia de descoberta de ouro nestes rios provocou o surgimento do ARRAIAL GRANDE, um pequeno povoado situado junto ao rio do Arraial. Foi ele o primeiro povoado português das terras são-joseenses. Até então, o espaço onde atualmente se localiza o Município de São José dos Pinhais, foi ocupado por vários grupos das sociedades indígenas. Primeiramente foram os povos caçadores e coletores. Maia tarde, na época da chegada dos portugueses eram grupos pertencentes às famílias Jê e Tupi-Guarani. O crescimento do Arrail Grande aconteceu de uma forma rápida e desordenada, pois nele os portugueses pretendiam permanecer somente enquanto houvesse ouro para explorar. Na mesma época em que surgia esse povoado, diversos portugueses se tornaram proprietários de grandes extensões de terras no espaço hoje ocupado pelo Município. Entre eles, estava o Padre João da Veiga Coutinho que se tornou dono das fazendas Águas Bellas e Capocu.
A Fazenda Águas Bellas possuía uma excelente localização, pois era cortada por importantes caminhos percorridos pelos primeiros colonizadores. Foi nesta Fazenda, provavelmente junto a sua sede, que no ano de 1690 ocorreu a inauguração da Capela de Bom Jesus dos Perdões. A presença da Igreja Católica era importante para o lugar, isto porque na época, a Igreja fazia parte do processo administrativo da colonização. Com a inauguração desta Capela, o espaço são-joseense passou a ter uma autoridade que representava o Governo Português. Pouco tempo depois, no ano de 1721, o Ouvidor Geral Raphael Pires Pardinho solicitava a eleição das primeiras autoridades para a FREGUESIA DE SÃO JOSÉ. Na organização administrativa colonial, as freguesias eram povoações que contavam com uma autoridade eclesiástica local e possuíam representantes junto à administração pública da vila a que pertenciam.
O ouro era pouco e por volta do ano de 1750, sua exploração estava praticamente extinta. Sem outra atividade econômica lucrativa, o crescimento populacional foi muito lento. Durante todo o século XVIII e a primeira metade do século XIX, a Freguesia de São José possuía uma população pobre e dispersa, onde a grande maioria vivia de uma agricultura de subsistência. Embora fosse está freguesia uma das maiores da região, ela foi abandonada pelas autoridades locais = Câmara Municipal da Vila de Nossa Senhora da Luz dos Pinhais de Curitiba, como também pelas autoridades regionais = Capitania de São Paulo e depois Província de São Paulo.
No dia 16 de julho de 1852, foi sancionada a lei nº10 da Província de São Paulo, criando a "VILLA DE SÃO JOSÉ DOS PINHAES". No dia 08 de janeiro de 1853, ocorreu a posse dos primeiros vereadores e as solenidades de instalação do novo Município. Passados alguns anos, no dia 27 de dezembro de 1897, através da lei nº259, a pequena sede do Município recebia a categoria de "CIDADE DE SÃO JOSÉ DOS PINHAIS".
 
Maria Angélica Marochi
 
GEOGRAFIA
HIDROGRAFIA
O rio Iguaçu é o maior em volume de água e faz a divisa de São José dos Pinhais com Curitiba; grande parte dos outros rios do município são afluentes dele, como Itaqui, Pequeno, Miringuava, Miringuava Mirim, Cotia, Despique, Cerro Azul e da Roseira. Destacam-se ainda: do Una, São João, do Arraial, da Prata, Castelhano e Capivari.
Localizada no extremo sul do município, a represa de Vossoroca fornece água à Usina de Chaminé, situada próxima à divisa do município com Tijucas do Sul e Guaratuba.
DENSIDADE PLUVIOMÉTRICA
Meses de maior incidência: outubro, dezembro, janeiro, fevereiro.
RELEVO
Localizado na zona fisiográfica do Primeiro Planalto ou Planalto de Curitiba, possui altitude média de 900m, com diferenças na região que variam de 300 a 1200m.
Há áreas levemente onduladas com formação de colinas e morros baixos, situadas a noroeste, norte e nordeste. Na porção sul, sudeste e centro-oeste destaca-se a Serra do mar.
 
LOCALIZAÇÃO
O Município de São José dos Pinhais situa-se aproximadamente a 14,5 Km da capital do estado (Curitiba), faz parte da Região Metropolitana, porém tem autonomia política e econômica, isto se deve a sua privilegiada posição geográfica e ao desenvolvimento dos seus setores agrícola e industrial.
 
POPULAÇÃO E ETNIA
ETNIAS
•          Poloneses (Colônias Murici, Malhada, Zacarias e Catelhanos);
•          Italianos (Colônias Barro Preto, Santo Antônio, Campo Largo da Roseira e Rio Grande);
•          Alemães (Colônias Afonso Pena, Murici, Zacarias e Castelhanos);
•          Suecos;
•          Japoneses;
•          Belgas;
•          Ucranianos (Colônia Marcelino e Catelhanos);
•          Húngaros (Colônia Castelhanos)
•          Portugueses e outros.
Na Colônia Murici a predominância é de poloneses com 1.376 habitantes Fonte: IBGE
POPULAÇÃO
Colonizada inicialmente por portugueses e posteriormente por poloneses, ucranianos, italianos, japoneses, árabes, alemães e sírio-libaneses, que formaram várias colônias, das quais muitas ainda perduram, mantendo os costumes e as origens de seus antepassados, como Murici, Marcelino, Zacarias, Cachoeira, Malhada, Agaraú, Campo Largo da Roseira, Cotia, Contenda, Faxina, Accioli, Rio Pequeno e Castelhanos.
 
OS PRIMEIROS PREFEITOS
Os primeiros prefeitos de São José dos Pinhais foram nomeados (1892 a 1900). Somente em 1900 é que ocorreu a 1a. eleição municipal para escolha de prefeito.
 
1o. prefeito nomeado: Norberto Alves de Brito (1892 - 1894) (1894 - 1900).
2o. prefeito nomeado: Francisco de Paula Killian (fevereiro a março de 1894).
3o. prefeito nomeado: Manoel Alves Massaneiro (março a maio de 1894).
 
De 1853 a 1993, São José dos Pinhais teve poucos prefeitos eleitos; na 1a. etapa (1900 a 1920) apenas dois foram eleitos, demonstrando que o voto não era o critério de legitimidade do poder. Predominou a influência de lideranças políticas adversárias, os chamados chefes políticos locais.
 
No período após a Revolução de Trinta, quatorze diferentes prefeitos foram nomeados pelo interventor Manoel Ribas (Maneco Facão). Todos Administraram numa instabilidade total e apenas dois ficaram mais de um ano no cargo. Esse quadro, além de refletir a impossibilidade de ação administrativa sistemática, evidencia uma total desconexão entre governantes e governados.
 
O advento da redemocratização do país marcou uma conjuntura favorável para que a política começasse a traduzir-se no ato de administrar um território. Esta mudança teve reflexos também em São José dos Pinhais, para se administrar o município com infra-estrutura básica, preocupando-se com o bem-estar do cidadão (educação, saúde, segurança, etc.).
 
São José ficou um longo tempo à margem do plano de obras do governo estadual, sem ter condição de auto sustentar-se, dada a incipiente arrecadação. Nesse sentido, o processo de legitimidade do poder através do voto e a representação política que o município alcançou, na esfera municipal e estadual, foi vital para a implantação da infra-estrutura básica no município.
 
COMO CHEGAR E INTEGRAÇÃO
COMO CHEGAR
Av. das Torres (Curitiba – São José dos Pinhais);
Av. Marechal Floriano Peixoto (Curitiba – São José dos Pinhais);
Rod. BR 277 (Curitiba – São José dos Pinhais – Paranaguá), com acesso direto Curitiba – Distrito Industrial de S. J. dos Pinhais;
Rod. BR 376 (Curitiba – São José dos Pinhais – Joinville-SC)
INTEGRAÇÃO
As rodovias federais BR 376 e BR 116 fazem de São José dos Pinhais o elo de ligação entre o Sudoeste, Centro-Oeste, Nordeste e o Sul do Brasil. Está ligada ao corredor de exportação do Porto de Paranaguá pelo BR 277, compondo, assim uma das principais vias para o Mercosul.
 
O aeroporto Internacional Afonso Pena, localizado no centro da cidade de São José dos Pinhais, é o mais moderno da América Latina. Tem capacidade para atender 3,5 milhões de passageiros/ano, 10000 ao dia, recebendo até 12 aeronaves simultaneamente. Atualmente, encontra-se em expansão para atender à crescente demanda de serviços.
 
DEMOGRAFIA
População estimada 2014 - 292.934 pessoas
População 2010 - 264.210
Área da unidade territorial (km²) - 946,435
Densidade demográfica (hab/km²) - 279,16
 
Índice de Desenvolvimento Humano Municipal - 2010 (IDHM 2010) 0,758         
 
CENSO DEMOGRÁFICO 2010
 
População residente, sexo e situação do domicílio
Total: 264.210         
Homens: 130.597   
Mulheres: 133.613 
Urbana: 236.895
Rural: 27.315
 
Taxa de urbanização = 89,7%
 
Pessoas de 10 anos ou mais de idade
Homens - 109.177 
Mulheres - 112.861
Total - 222.038        
 
Alfabetizada: 231.223
Taxa de alfabetização: 87,5%
 
Total de domicílios  89.770 - domicílios
Número de empresas atuantes - 9.574 Unidades
Número de unidades locais - 9.869 Unidades
Pessoal ocupado assalariado - 97.524 Pessoas
Pessoal ocupado total - 111.305 Pessoas
Salário médio mensal - 3,5 Salários mínimos
 
Incidência da Pobreza - 38,48%
Incidência da Pobreza Subjetiva - 15,40%
Índice de Gini - 0,40          
 
Pessoal ocupado total - 111.305 pessoas
PIB a preços correntes 14.726.558 mil reais
PIB per capita a preços correntes - 54.784,67 reais
 
 
NOTA 1: Estimativas da população residente com data de referência 1o de julho de 2014 publicadas no Diário Oficial da União em 28/08/2014.
1
 
 
Não achou o seu imóvel?
 
Informe as características do
imóvel que deseja.
Vender / Alugar meu Imóvel
 
Oferecemos o melhor suporte para o seu imóvel.
Atendimento Personalizado
 
Entre em contato com a gente
para que possamos ajudar.
 
Notícias
Simulação de Financiamento
Correspondente Bancário
 
A Empresa | Pesquisa Completa | Vender / Alugar meu Imóvel | Imóveis para Venda | Notícias | Fale Conosco
JW CORRETOR DE IMÓVEIS
R. Reinaldo Miguel Valenga, 402 
Costeira, São José dos Pinhais - PR – CEP 83015-640
Comercial móvel: (41) 9 8536-6133
Plantão Whatsapp 24 horas: (41) 9 9108-2088
www.facebook.com/jwcorretor
jwcorretores@hotmail.com
www.jwcorretores.com
Mapa de Localização
Plantão Whatsapp 24 horas: (41) 99108-2088
jwcorretores@hotmail.com
Simulação de
Financiamento
Clique aqui e saiba mais!
 
 
www.jwcorretores.com © 2018. Todos os direitos reservados. Site para Imobiliarias
Site para Imobiliarias